Início » Ocupação em escolas de Divinópolis continua, alunos são contra PEC

Ocupação em escolas de Divinópolis continua, alunos são contra PEC

by Portalagora

Rafael Camargos

Estudantes das escolas estaduais em Divinópolis continuam realizando atos de protesto contra a aprovação do Projeto a Emenda Constitucional, PEC 241/2016. Depois de ocupar a Escola Estadual Joaquim Nabuco na segunda-feira, 24, os estudantes saíram em protesto pelas ruas centrais da cidade, ontem pela manhã, onde com faixas e cartazes gritavam e pediam pela não aprovação da lei. Professores apoiaram os alunos na passeata e outras escolas da cidade já estão com as atividades paralisadas.

Os alunos da Escola Estadual Santo Tomáz de Aquino se reuniram na porta da unidade, às 7h e saíram em caminhada ao Centro da cidade. Estudantes da Escola Estadual Dona Antônia, e universitários da Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg) e da Universidade Federal de São João Del Rey, UFSJ, também participaram. A concentração dos alunos ocorreu por volta das 7h30 no quarteirão fechado da rua São Paulo e de lá eles saíram em protesto pela avenida 1º de Junho. O movimento chamado de “vem pra rua” contou com a presença de mais de 60 estudantes e servidores públicos e ocorreu de forma pacifica. A atividade durou cerca de 1h.

Escolas e universidades
Enquanto muitos alunos protestavam na rua, a ocupação continuou na Escola Estadual Joaquim Nabuco. Os estudantes passaram a noite de segunda para terça na unidade e lá realizaram reuniões e atividades. Já pela manhã, eles limparam a escola, prepararam a comida e limparam a cozinha e os banheiros, segundo uma das organizadoras da mobilização Larissa Sousa, de 18 anos.

— Foi tranquilo, muitos pais ficaram no local até mais tarde com o pessoal, a polícia foi ao local para acompanhar o movimento — disse.

 Ela ainda relatou que outras escolas da cidade estão aderindo ao movimento e que a ocupação deve acabar na manhã de hoje.

 — A gente teve essa ideia a partir do momento em que vimos o que era a PEC, então movimentamos todo mundo e chamamos outras escolas. Nas outras escolas, o movimento foi bem aceito. Foi o Joaquim Nabuco que começou o protesto, então não queremos que acabe — concluiu.

A escola Monsenhor Domingos, no bairro Santo Clara também aderiu ao movimento e parou as atividades na tarde dessa terça. As aulas foram suspensas às 17h30 por tempo indeterminado.

Estudantes ocuparam também o campus da UFSJ, campus Dona Lindu em Divinópolis e estão no local em manifestação desde segunda-feira, 24. Eles também são contra a votação da PEC.

Pais e responsáveis
Uma das alunas da escola que participa da ocupação, Lorena Sousa, disse à reportagem que pais dos alunos menores de idade, que não queriam a ocupação chegaram até o colégio, ontem à tarde alegando estarem com uma ordem judicial e pedindo para que os estudantes deixassem o local. Nenhum documento foi apresentado, por isso, eles continuaram. A estudante ainda disse que os responsáveis foram convidados para a assembleia que foi realizada na escola com o objetivo de definir o rumo da ocupação.

Assembleia
Uma assembleia geral foi realizada pelos alunos e lá eles decidiram o rumo que a manifestação irá tomar nos próximos dias. Durante a reunião, os alunos com o apoio da União Estudantil de Divinópolis (UED), dos pais decidiram por votação que a ocupação irá continuar por tempo indeterminado. Alunos de outras escolas interessados em saber como participar do movimento estiveram presentes no local e acompanharam todo o processo.

— Decidimos por meio de votação que a ocupação irá continuar por tempo indeterminado. A assembleia ocorreu com a presença de pais de alunos e estudantes de outras escolas interessados em aderir ao movimento — relatou a estudante Lorena Sousa

Hoje, ocorrerá em Ermida, uma assembleia geral na Escola Berlamino Gomes, onde será decidido se os alunos irão aderir ao movimento ou não.

PEC
A Proposta de Emenda a Constituição, PEC 241/2016, segundo os servidores da saúde e da educação prevê cortes nos investimentos da pasta. A segunda votação, ocorreu ontem à tarde, na Câmara dos Deputados em Brasília. Até o fechamento desta página, por volta das 18h, a sessão no plenário não havia terminado.

 

 

 

 

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00