Início » Testes rápidos de Zika serão oferecidos pelo SUS

Testes rápidos de Zika serão oferecidos pelo SUS

by Portalagora

 

Da Redação

O ministro da saúde, Ricardo Barros, anunciou na última terça, 25, a oferta de testes rápidos para identificação do zika vírus ainda este ano. Segundo o cronograma, o exame começa a chegar às unidades de saúde de todo país, a partir de novembro, porém a primeiro momento não serão distribuídos para toda população. O Ministério da Saúde vai enviar um protocolo, e baseado neste será indicado quem deve ou não realizar o teste.  Atualmente, a identificação é feita pelo exame PCR, porém o mesmo só detecta a doença quando o vírus ainda está presente na corrente sanguínea.

Alguns dos critérios estabelecidos para realizar o teste são: gestantes com sintomas de zika, gestantes que tenham feito exames de ultrassom indicando a suspeita de má-formação no sistema nervoso central do feto, adultos de ambos os sexos com suspeitas de zika, e sintomas de problemas neurológicos. Além disso, os testes rápidos serão realizados apenas com indicação médica.

A distribuição dos primeiros dois milhões de testes será feita a partir do próximo mês, já a segunda parte, começa a ser entregue em fevereiro. No total, foram adquiridos 3,5 milhões de unidades do produto. A definição da quantidade de testes que serão enviados para cada região, será determinada “de acordo com a incidência da doença” registrada no ano.

Teste

O resultado do teste sai em 20 minutos e é feito a partir da análise de uma gota de sangue, e é considerado pelo Ministério da Saúde, como uma importante arma para identificação dos focos da infecção por zika, buscando assim orientar da melhor forma as gestantes e o planejamento familiar. O diagnóstico é semelhante aos testes de gravidez de farmácia, com duas tiras portáteis, a primeira identifica infecções recentes, de até duas semanas, a segunda mostra se a pessoa foi infectada pelo vírus há mais tempo.

Zika

No Brasil este ano, foram registrados 200.465 casos prováveis de zika, e três óbitos confirmados no país pela doença. Em Divinópolis, houve um caso confirmado da doença até o momento.

A zika é caracterizada por em 80% dos casos não apresentar sintomas. Entretanto, a preocupação maior é voltada para as gestantes, pois a infecção aumenta os riscos de o bebê nascer com uma síndrome, podendo levar a microcefalia, ou problemas nas articulações e visão.

 

 

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00