Início » Muito pobres!

Muito pobres!

by Portalagora

Muito pobres!

Enquanto se discute se Galileu toma ou não posse, tudo em volta fica esquecido: a falta de dinheiro, as dívidas com a previdência e o orçamento. Para o ano de 2017, a prefeitura pretende – repete-se – pretende, arrecadar mais de R$ 700 mil. Este ano seria mais de R$ 600 mil e não chegou perto disso. Já um clube de futebol, de São Paulo, o Corinthians, que já tem uma dívida parcelada de mais de R$ 300 milhões, fez uma impagável de R$ 1,3 bilhão na construção do seu estádio. Por aí, neste pequeno exemplo, se vê o quanto esta cidade é pobre. Em tempo: o clube paulista recebe entre patrocínios, receitas de jogos etc, algo em torno de R$ 300 milhões. E está com o salário em dia e com o 13º já previsto. Por aqui…

 

Jogo por jogo

 

Entre o jogo político e o de futebol, melhor ficar com o segundo. Provoca mais sensações, coloca uma multidão dentro dos estádios e outra incalculável fora. Às vezes quase mata quem está lá dentro, ou cá fora. Mas é imbatível. Por isso, recomenda-se muito tranquilizante para o jogo de logo mais, em que o Galo, com uma defesa ótima para levar gols, enfrenta o Grêmio valente, e que vem para se defender. Se der, ataca e na certa faz um golzinho para deixar a massa atleticana ainda mais no “eu acredito!”

 

Será a festa!

 

Já está tudo pronto, pois devidamente preparada, a grande festa em que este Diário irá comemorar oficialmente os seus 45 anos. Convidados especiais, homenagens idem. Nenhum detalhe a ser divulgado, pois tudo está sendo guardado com muitas chaves. No dia, circulará a revista que marca o evento, com parte da história do Diário, e muito, muito mesmo sobre Divinópolis. Será no dia 20 de dezembro, a partir de 20h, no Salão Havaí, na rua Gafanhoto, pertinho da represa do mesmo nome. Um luxo, diriam os colunistas sociais.

 

Trump, o terrível!

 

O novo presidente americano de fato está amedrontando, não o mundo, com suas declarações idiotas, mas sim, quem está no seu país, de forma irregular. Convém ir colocando as barbas de molho, pois o povo que pulou o muro, ou está no país de forma irregular, tem a maioria composta de trabalhadores. Não consegue visto permanente, nem com o atual governo, que o tolera, pois sabe da sua importância. O americano, de forma geral, liga apenas para ele, seu umbigo e seu país. O que for estranho a isso, não passa de inimigo, ou nem sempre é notado.

 

Na hora de trabalhar duro…

 

…de botar a mão na massa, para lavar pratos, construir casas, não dá. Eles se consideram importantes demais para estas pequenas coisas. Não é um povo mau, pelo contrário, mas também não é de dar bola para qualquer um. Eles são eles, e estão apenas para eles em qualquer situação. Às vezes até aceitam amigos, cucarachas, mas desde que sejam serviçais, ou que tenham muito dinheiro.

 

Daí que…

 

…nada acontecerá externamente, pois o presidente americano não governa sozinho, tem um exército de auxiliares competentes, que o ajudam a tomar decisões. Principalmente se estas decisões se referirem a acordos externos, ou em conversações e visitas diplomáticas. Um homem inteligente, que ficou muito rico, deu o cano no próprio governo, sem ser processado, deve ser olhado de outra forma. Ele é louco sim, mas por dinheiro.

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00