Início » Arroba do boi sobe 5% em novembro

Arroba do boi sobe 5% em novembro

by Portalagora

 

Pablo Santos

 

Depois de dois meses com preços estáveis, a arroba do boi na região de Divinópolis voltou a subir. Mesmo com a alta, a cidade tem um dos menores preços de Minas Gerais, de acordo com os dados apurados pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). Já Juiz de Fora aparece com o maior valor.

Desde a 1ª quinzena de outubro, no entanto, voltou a sofrer alterações nos preços na última pesquisa na Seapa. A arroba do boi com estava cotada a R$ 138 e agora o valor passou para R$ 145, em média, na região de Divinópolis, conforme a pesquisa, ou seja, aumento de 5%.  A fêmea registrou um percentual menor de aumento: 3,8%. Atualmente, a arroba esta cotada a R$ 135 de novembro contra R$ 130 de outubro.

A região de Divinópolis tem o terceiro menor valor entre as pesquisadas. A arroba do boi com menor valor é de R$ 140, em média, para região de Ipatinga no Vale do Aço. Uberaba no Triângulo Mineiro tem o segundo menor valor: R$ 142. Empatados com o mesmo preço está a Governador Valadares no Leste e Varginha no Sul com os mesmo R$ 145.

Uberlândia no Triângulo, de acordo com a pesquisa, registra o preço de R$ 146, a arroba do boi.

Na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) está cotado a R$ 148 na capital e em Contagem.

A arroba do boi gordo com o maior valor é em Juiz de Fora na região da Zona da Mata. O preço, de acordo com a Seapa, é de R$ 150, em média.  A região de Contagem registrou o maior valor para o preço da fêmea: R$ 143.

   

2015

Os valores regionalizados da arroba do boi começaram ser divulgados no ano passado pela Seapa. O levantamento dos dados é feito pela instituição, com o apoio dos 400 sindicatos filiados, principalmente aqueles envolvidos com a pecuária de corte em suas regiões. As informações são repassadas quinzenalmente, analisadas pelos técnicos da Emater-MG e consolidadas para a publicação pela Secretaria de Agricultura.

De acordo com Seapa, os valores publicados facilitam as operações com o gado bovino e subsidiar a Secretaria de Estado da Fazenda na adoção da pauta de valores mínimos a serem consignados em notas fiscais avulsas emitidas por meio do Sistema Integrado de Administração da Receita Estadual (Siare) nas operações com os animais.

Ainda segundo a Seapa, a metodologia leva em consideração as peculiaridades de cada região produtora e viabiliza o estabelecimento dos valores mínimos de referência para comercialização do rebanho.

 

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00