Início » Previsão é de verão chuvoso e menos quente em 2017

Previsão é de verão chuvoso e menos quente em 2017

by Portalagora

Flávio Flora

Um verão dos dias mais longos (esticados pelo horário de verão) começou ontem cedo, indicando a possibilidade de clima mais ameno do que o de 2016, considerado um dos mais quentes da história.

O período vai de 21 de dezembro de 2016, às 8h44, e vai até o dia 20 de março de 2017, às 7h29, no horário de Brasília. Chuvas intermitentes, com aumentos esporádicos de temperatura entre as precipitações, mas com poucas chances de granizo – é o que prevê o meteorologista Ruany Gomes Xavier, da Cemig, com base nas condições de neutralidade do fenômeno “La Niña”

— As temperaturas da superfície equatorial do Oceano Pacífico central e oriental estarão ligeiramente abaixo da sua média histórica, próximas da sua normalidade, criando as condições de temperatura sem influências externas, ou seja, não há previsão de calor e seca excessivos para o período, como ocorreu nos últimos anos — avalia Ruany Xavier.

Chuvas intermitentes
Em Divinópolis, são esperadas chuvas próximas à situação normal para o período (dezembro a fevereiro), destacando-se as previsões de que em janeiro pode chover durante todo o mês, com possibilidade de torrentes nas nascentes dos ribeirões Boa Vista e Vermelho, formadores do rio Itapecerica, e nas cabeceiras do rio Pará.

Durante a estação, as chuvas devem ficar ligeiramente acima da média, especialmente no Oeste, Triângulo, Sul de Minas e Zona da Mata. Nas demais regiões, elas estarão ligeiramente abaixo do volume normal. A temperatura mantém a sua normalidade em todas as regiões mineiras.

— Minas Gerais tem previsão de chuvas ligeiramente acima da média e temperaturas entre 24 e 32 graus na maior parte dos dias — afirma o meteorologista Luiz Ladeia, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Em Divinópolis, os termômetros poderão marcar 36 graus com ocorrência de pancadas de chuva nos finais de tarde.

Sem “Los Niños”
As chuvas da estação sustentam a agricultura e as usinas hidroelétricas e garantem também a renovação da água nos reservatórios de para abastecimento da população.

As temperaturas elevadas, registradas em 2015, por causa do fenômeno El Niño – “o mais forte do século e o segundo mais forte da história”, segundo Josélia Pegorim, do ClimaTempo – reduziram-se em 2016 com a formação de uma La Niña mais fraca, que deve se desfazer em janeiro.  Ao lado dessa condição, a temperatura do oceano Atlântico está propícia ao deslocamento de frentes frias, favoráveis a chuvas.

Segundo observadores do ClimaTempo, a circulação dos ventos na alta atmosfera já está favorecendo a distribuição do ar úmido sobre o país, permitindo a formação das grandes áreas de chuvas sobre o Sudeste e Centro-Oeste.

Recomendações
Com a chegada do verão, são comuns dias com chuvas de curta e grande intensidade, acompanhadas por trovoadas, raios e rajadas de vento. Por isso, é importante redobrar a atenção e se proteger dos raios, já que a descarga elétrica corresponde a cerca de mil vezes a intensidade de um chuveiro elétrico.

Fique atento
– Evite lugares abertos, como estacionamentos, praias e campos de futebol.

– Abrigue-se em casa, edifício ou em instalação subterrânea como metrô.

– Não permaneça em rio, mar, lago ou piscina.

– Se estiver no carro, mantenha os vidros fechados, sem contato com as partes metálicas do veículo.

– Caso não encontre um abrigo por perto, fique agachado com os pés juntos, curvado para frente, colocando as mãos nos joelhos e a cabeça entre eles até a tempestade passar.

– Mantenha distância de objetos altos e isolados, como árvores, postes, quiosques, caixas d’água, bem como de objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas e cercas de arame.

– Evite soltar pipas, carregar objetos, como canos e varas de pesca e andar de bicicleta, motocicleta ou a cavalo.

– Mantenha distância de aparelhos e objetos ligados à rede elétrica, como TVs, geladeiras e fogões.

– Evite o uso de telefone, a menos que seja sem fio ou celular.

– Fique afastado de janelas, tomadas, torneiras e canos elétricos.

– Evite tomar banho durante a tempestade.

 

 

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00