Início » Pele requer cuidados especiais no verão

Pele requer cuidados especiais no verão

by Portalagora

Rafael Camargos

Sol, calor… É só as temperaturas se elevarem um pouquinho que todo mundo procura por praia, clube e piscinas. Com a chegada das férias, com os termômetros pegando fogo em todo o estado e as temperaturas ultrapassando os 35° C em Divinópolis e região, é preciso tomar alguns cuidados com a pele, para evitar doenças já conhecidas pelo brasileiro, como o câncer.

De acordo com meteorologistas, a previsão para o verão de 2017 é de calor ainda mais intenso do que o ano de 2016. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o país registrará, até o final de 2016, cerca de 180 mil novos casos de câncer de pele – número que corresponde a 30% de todos os casos de tumores malignos no Brasil.

De acordo com o meteorologista Luis Ladéia, do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologista), as temperaturas devem ficar em alta nesta última semana do ano e início de 2017.

— Muito calor. As perspectivas são de chuvas isoladas. O céu deve permanecer parcialmente nublado, e as temperaturas devem variar entre 19° C e 35° C graus. A umidade relativa do ar deve variar que 80% e 35%, devido às áreas de instabilidade — disse o especialista.

Ladeia completa dizendo que o verão no Centro-Oeste não deve apresentar mudanças muito grandes na região, mas que os termômetros vão apresentar uma leve alta.

— O verão na região deve continuar com as temperaturas médias no Centro-Oeste, não deve ultrapassar, é típico. Durante todo o mês de janeiro, os termômetros devem ficar entre 18° C e 35° C, com chuvas isoladas durante todo o mês — conclui Luis Ladéia.

Orientações
Para pessoas que costumam ficar expostas ao sol, é preciso reforçar o uso do protetor solar diariamente, principalmente no rosto. Se a exposição aos raios solares for maior, como na praia ou piscina, por exemplo, é importante abusar do protetor no corpo todo, usar chapéus e evitar horários em que a incidência solar esteja mais forte.

De acordo com o dermatologista Eduardo Ferreira, o cuidado com a exposição ao sol não deve ocorrer somente no verão e, sim, no ano todo.

— A chegada do verão só aumenta a preocupação, mas o cuidado deve ser o ano todo. O protetor solar demora cerca de 20 minutos para fazer efeito na pele O que a gente tem de imaginar é que, se o protetor solar demora cerca de 20 para fazer efeito, devemos usá-lo cerca de 20 minutos antes de ir à piscina, praia, clubes, porque, se deixarmos para passar o protetor quando chegarmos ao local e entrar na água, nossa pele fica desprotegida durante todo esse processo — contou.

O especialista ressalta que o fator de proteção ideal é entre de 15 e 30 e o correto é reaplicar de duas em horas.

— É importante tentar escolher um protetor com uma cosmética boa, adequado a cada pessoa. Depois da escolha, deve-se evitar a exposição das 10h às 15h, como estamos em horário de verão, temos de olhar o horário do sol. É importante também usar chapéus, camisas, evitar andar durante este horário e passar protetor em crianças a partir dos 6 meses — orienta.

Está errado quem pensa que pessoas de pele clara, cabelos claros e sardas são mais propensas a desenvolver o câncer de pele. Eduardo explicou que, a diferença é que pessoa de pele negra tem mais pigmentação na pele. Essa pigmentação serve como protetor solar natural, então o correto para todos é aplicar e reaplicar.

A auxiliar administrativo Letícia Oliveira segue à risca as orientações do dermatologista. Ao Agora, ela contou que, no calor, além de se alimentar e beber água, ela faz o uso do protetor solar de três em três horas.

— Eu faço uso de muito protetor solar, acho importante, e quando saio na rua às vezes faço o uso de uma sombrinha — finalizou.

Outras doenças
O dermatologista conta que, além do câncer de pele, a exposição excessiva ao sol pode causar ou piorar os sintomas de outras doenças chamadas de dermatoses.

— Elas (dermatoses) são desencadeadas pelo sol, algumas podem ser desenvolvidas e outras pioradas como o lúpus. O melasma, apesar de ser uma doença genética, também pode se agravar. Alergias a alimentos também podem ser prejudiciais. Temos também o envelhecimento precoce — disse Eduardo.

 

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00