Início » Terceira versão

Terceira versão

by Portalagora

 

Este PB fez, não faz muito tempo, uma crítica um tanto forte sobre o descaso com Divinópolis, abandonada com sua MG-050. A Nascentes das Gerais hoje tem a responsabilidade de mantê-la, além de realizar obras necessárias à sua manutenção e ampliação. Conhecemos o início de tudo, inclusive com a distribuição de uma revista multicolorida, onde tudo era mostrado. Sensacional para a época, mas que, com o tempo, foi mudando aspectos fundamentais em toda a sua estrutura.

Nada contra a Nascentes das Gerais, mas tudo contra os políticos que concordaram com coisas absurdas que foram para o papel, naquilo que seria a primeira Parceria Público-Privada (PPP) do governo Aécio Neves.

Sai Aécio, entra Anastasia para um mandato tampão e outro conseguido por meio de eleição, deixa o seu vice e vai para o Senado e, agora, há quase dois anos, Pimentel está no leme. Nada do prometido neste meio tempo foi feito, especialmente para beneficiar Divinópolis. Estão mexendo sim no anel, uma obrinha aqui, outra ali, mas o deveria ser o principal, que era o trevo do distrito industrial, neca neca de pitibiriba.

A Nascentes, como sempre faz, foi habilidosa na resposta transcrita nesta coluna, com a qual não concorda Antonio Carlos de Oliveira Pereira, o popular “Pulinho”. Ele que, mesmo sem exercer qualquer cargo público, continua a colaborar decisivamente com a cidade, não ficou feliz com a resposta da Nascentes, e escreveu o que sabe a respeito, pois participou de tudo, sua versão, que sai publicada como a “terceira versão”. Ei-la: “Faria, bom dia. Sou leitor de sua coluna ‘PRETO NO BRANCO’ e gostaria de comentar a resposta da Nascentes publicada em sua coluna no dia 23/12/2016. Não digo que a Nascentes mentiu, mas omitiu informações. Você sabe que a ACID vem lutando por uma solução desta PPP mal feita originalmente pelo governador da época (não menciono o nome para não criar constrangimentos) que trouxe prejuízos imensos a Divinópolis. Tivemos recentemente uma reunião com a participação de empresários, representantes comunitários, o presidente da ACID, Leo Gabriel, o deputado Fabiano Tolentino e o Sr. Joselito, representando a  Nascentes. O cronograma de obras apresentado para ter início em  abril e junho de 2017 não menciona na resposta que o término das obras é previsto para 2020 (13 anos após a assinatura original da PPP) e o pior:  o aditivo com o governo do Estado ainda não foi assinado e sem isso as obras não poderão ter início. Nesta reunião, o Sr. Joselito solicitou nossa intervenção junto ao Governo do Estado no sentido de conseguir esta assinatura ainda para este ano. O presidente da ACID, Leo Gabriel, procurou o Governo e este negou assinar o aditivo nos termos apresentados, alegando não concordar  com determinadas proposições da Nascentes. Portanto, caro Cel. Faria, na verdade, não tem nada definido ainda enquanto o aditivo não for assinado. Continuaremos atentos e lutando por uma solução mais rápida. Abraços, Pulinho”.

O assunto continua em discussão. Quem quiser comentar, tendo uma visão ampla e sábia a respeito, a coluna estará sempre aberta, pois ela sempre estará, como este Diário, a serviço da cidade.

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00