Início » Projeto fotográfico aborda autoaceitação corporal

Projeto fotográfico aborda autoaceitação corporal

by Portalagora

Danielle Magalhães

Dispostos a abordar os temas empoderamento e autoaceitação física, três amigos lançaram o projeto “[In]Nude”. Giselle Guerra é natural de São Luís/MA, Aline Faria, de Pará de Minas/MG, e Bruno Faria, de Divinópolis. Todos residem na Terra do Divino atualmente. 

O projeto visa a elevar a autoestima e tratar o nu de forma natural, segundo os idealizadores do projeto.

— Sem amarras, tabus e padrões estéticos. Buscamos pessoas comuns e acreditamos que todo corpo é lindo e merece ser fotografado — explica Giselle Guerra, também idealizadora do projeto.

Edição de imagens
A proposta é que, mesmo após edição, os ensaios fotográficos valorizem os traços naturais dos modelos, sem perder a verdadeira essência. As alterações técnicas são feitas para garantir um efeito de iluminação com maior qualidade.

— Buscamos retratar o corpo nu como ele realmente é, não manipulamos as imagens de forma que altere a essência do que é natural do corpo de cada modelo. A edição de cada ensaio é uma extensão da nossa visão artística, corrigimos apenas questões de iluminação. A ideia é mostrar que todo corpo é aceitável e bonito, com suas imperfeições e particularidades — ressalta Giselle.

O objetivo de valorizar os traços naturais é garantir a verdadeira autoaceitação do próprio corpo, com base no resultado final.

— O modelo, às vezes, pode ter alguma dificuldade em aceitar o próprio corpo. Porém, depois, vê o resultado final do ensaio e pensa: “poxa, que legal que ficou meu corpo, não conseguia me ver dessa forma e adorei”. É aí que mora a aceitação — revela.

Para os idealizadores do projeto, a indústria já reforça muitos padrões estéticos inalcançáveis.

— Nosso objetivo é justamente o contrário, queremos quebrar esses padrões e, com isso, tentar ajudar alguém na busca pela aceitação do próprio corpo — esclarece Giselle.

Exposição
Até o momento, já foram realizados 14 ensaios, masculinos e femininos. Os idealizadores planejam uma exposição fotográfica, assim que alcançarem um total de 50 ensaios.

Ao atingir este número, os membros do projeto pretendem também publicar o material em livro ou revista.

Público
O projeto é sem fins lucrativos. Para participar, é necessário ser maior de idade e assinar contrato, garantindo ao projeto o direito de uso de imagem.

—Para participar do projeto, em primeiro lugar, tem de ser maior de 18 anos e estar ciente de que o ensaio será divulgado. Os modelos, na verdade, nos escolhem. Apenas analisamos as intenções e os motivos de cada um para ter certeza de que cabe no conceito do projeto. Não existe qualquer padrão específico de corpo para participar, qualquer pessoa pode entrar em contato. O projeto é sem fins lucrativos, não paga nada pelo ensaio. O modelo ganha o ensaio e o projeto ganha o direito de divulgá-lo — ressalta Giselle.

Para conhecer melhor o projeto, basta acessar a página oficial no Facebook ou o site http://www.in-nude.com.a

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00