Início » Caça aos malfeitores

Caça aos malfeitores

by Portalagora

 

Apenas em 2016, o Governo Federal expulsou 550 servidores por práticas ilícitas. O número é um recorde. É o maior em 14 anos, desde que o levantamento se iniciou, em 2003. E adivinhem qual o principal motivo das penalidades? Acertou quem apontou a corrupção. Essa prática nefasta corresponde a cerca de 65% dos casos.

 

E os demais?

 

Como se sabe, a punição a esse tipo de caso, historicamente, chega a uma porcentagem mínima de malfeitores. Agora, imaginem se a punição exemplar alcançasse a todos os servidores com culpa no cartório? Seria uma limpeza, no mínimo, estrondosa. Um detalhe: os dados não incluem os empregados de empresas estatais, a exemplo da Caixa Econômica, dos Correios e da combalida e surrupiada Petrobras, entre outras.

 

Corrupções e afins

 

Do total de casos do ano passado, foram 445 demissões de servidores efetivos; 65 cassações de aposentadorias (também recorde na comparação dos últimos seis anos); e 40 destituições de ocupantes de cargos em comissão. O principal motivo das expulsões foi a prática de atos relacionados à corrupção: 343 penalidades aplicadas ou 65,3% do total. O percentual aumentou em relação a 2015, quando atingiu 61,4%. Já o abandono de cargo, a inassiduidade ou a acumulação ilícita de cargos são fundamentos que vêm em seguida, com 158 dos casos (24,4%). Figuram ainda entre as razões que mais afastaram servidores: proceder de forma desidiosa e a participação em gerência ou administração de sociedade privada.

 

Até que enfim

 

Este PB sempre cobrou que empresas da cidade deveriam apostar e ajudar o Guarani, o único representante de Divinópolis no futebol mineiro e nacional. O Bugre sempre teve de se virar com as próprias pernas, porque ninguém se dignava a ajudar. Pois bem, neste ano, a história muda de figura: o Supermercado ABC será o patrocinador master do Bugre em 2017.

 

Bons reforços

 

E por falar em Guarani, o início de ano é dos mais promissores. O clube está montando um bom elenco para o Módulo II.  Além da parceria com o América, a diretoria acertou com dois atletas que qualquer clube iria querer: o goleiro Glaysson e o zagueiro Álvaro, este com passagens até pela Seleção Brasileira. No papel, está a meio caminho da volta à elite. Agora é esperar e conferir com a bola rolando.

 

Antes tarde?

 

Temer tem acertado em alguns aspectos. Mas em outros deixa a desejar terrivelmente. Foram necessários três massacres de presos (66 em Manaus; 33 em Roraima; e 4 em Manaus novamente) para que ministro da Justiça, Alexandre Moraes, decidisse reunir todos os secretários de segurança para discutir a situação. Se alguém acredita que deixar presos se matarem ajuda a deixar a sociedade mais segura, está redondamente enganado. Basta perguntar a qualquer pessoa sensata com o mínimo de conhecimento técnico ou passagem pela área de segurança pública.

 

Colégio Tiradentes

 

O conceituado Colégio Tiradentes da Polícia Militar de Minas Gerais, desde 2016 com unidade em Divinópolis, está com processo seletivo para designação aberto para este ano. As inscrições vão de 7 a 13 deste mês. O resultado da primeira fase sairá já no dia 17 do mesmo mês.  Há vagas para professores especialistas e assistentes administrativos. Mais informações em www.policiamilitar.mg.gov.br/ctpmdivinopolis.

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00