Início » Sindicância na UPA é prorrogada por 15 dias

Sindicância na UPA é prorrogada por 15 dias

Investigação começou em abril; objetivo é apurar possível erro médico

by JORNAL AGORA

Da Redação

A Prefeitura de Divinópolis prorrogou, por mais de 15 dias, a sindicância aberta para apurar possível erro médico na morte de Tatielle Scarlat Ferreira. A influenciadora de 28 anos perdeu a vida no dia 21 de abril. Anteriormente, o prazo inicial da investigação era de 30 dias. 

Scarlat deixou um marido e três filhos pequenos.

Caso

A blogueira procurou atendimento na UPA pela primeira vez na terça-feira, 16, com diarreia, vômito e dor generalizada. Voltou à unidade no sábado, às 8h50, com problemas respiratórios. 

— A paciente foi medicada, orientada e liberada com prescrição de antibióticos — detalhou a Prefeitura. 

Horas depois, às 18h21, ela voltou à UPA, levada pelo Samu, com o quadro de saúde agravado, tendo sido “entubada e transferida para a Sala Vermelha do Complexo de Saúde São João de Deus às 4h15, do dia 21 de abril”, onde morreu.

Outra sindicância 

Ao se pronunciar sobre o ocorrido na época, a Prefeitura disse “zelar pelo princípio da transparência” e anunciou a abertura de uma sindicância administrativa, a ser concluída dentro de 30 dias. 

— A Semusa informa também que o Ibrapp, empresa responsável pela gestão da UPA Padre Roberto, já foi acionado para prestar esclarecimentos em relação ao ocorrido, uma vez que, pela natureza contratual, não há subordinação direta dos funcionários daquela unidade à Secretaria Municipal de Saúde — informou. 

O objetivo, segundo o Executivo, é apurar possível erro médico. 

— Diante da natureza da ocorrência e por não se tratar de evento de natureza exclusivamente administrativa, a sindicância será conduzida por profissionais médicos, não pertencentes ao corpo clínico da UPA Padre Roberto — ressaltou. 

Após a conclusão, serão adotadas as medidas cabíveis. Dentre elas, a possibilidade do conteúdo ser encaminhado ao Conselho Regional de Medicinas de Minas Gerais e sugestões de providências administrativas a serem providenciadas pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). 

Posicionamento

Na época, o Instituto Brasileiro de Políticas Públicas (Ibrapp) expressou condolências à família. 

— Informamos que estamos apurando o ocorrido junto à médica responsável técnica da UPA, se foram seguidos todos os protocolos bem como, checando se há ou não irregularidades nos atendimentos prestados à paciente. Reiteramos nosso compromisso com a verdade, com a apuração e punição se constatada algo irregular, bem como, com a qualidade e segurança dos serviços prestados — destacou. 

você pode gostar

DEIXE UM COMENTÁRIO

O Portal de Notícias Jornal Agora é a fonte de informações mais confiável e abrangente para a nossa comunidade. Com foco exclusivo em acontecimentos que afetam diretamente nossa região, oferecemos uma visão única e aprofundada dos eventos locais, mantendo os residentes informados e engajados.

Notícias Recentes

Veja Também

@2024 – Todos os direitos reservados. Projetado e desenvolvido por @lethiciamauridg

7 edição - agora gastronomia
Abrir bate-papo
Fale com nosso time comercial
Olá!
Podemos ajudá-lo?
-
00:00
00:00
Update Required Flash plugin
-
00:00
00:00